18/02/2011

Nunca desista

Às vezes a gente está no limite da paciência, a beira da explosão, com a bateria do amor lá no finalzinho, com um palitinho só, precisando ser recarregada. Mas infelizmente (ou felizmente), nada acontece.

Resolvi falar sobre isso hoje porque tem gente que precisa ler (e ouvir) e acreditar que tudo vai ficar bem. Eu sei que é clichê, sei que não estou na sua pele, mas fizeram isso por mim, e agora faço por você.

Por mais que as coisas não aconteçam, não saiam do lugar, e que você se sinta isolada, com a impressão de que tudo lá fora gira, e você continua parada; por mais que isso esteja acontecendo agora, não quer dizer que vai acontecer pra sempre. Não dá... Não podemos... Você não pode: desistir do amor, desistir de ser feliz.

Você há de fazer sua parte, de correr atrás, de desejar, de pedir, de rezar, brigar, de buscar, de fazer mandinga, de brincar... Mas não desista do amor.

Eu sei... Você já fez tudo isso e mesmo assim nada aconteceu.

Acredito que o universo conspira a nosso favor. E nesse caso, são tantas as possibilidades... Ele pode não ser a pessoa certa pra você, ou pode ser que ainda não seja o melhor momento para vocês ficarem juntos. De uma coisa eu sei, é hora de mudar de assunto. De deixar que outras coisas tomem o seu tempo e o seu pensamento, fazer com que todos os seus pedidos sejam esquecidos temporariamente.

Temos que rir amiga, aproveitar o que temos por perto, a família, os amigos, os vizinhos, os cachorros e os gatos! Temos que sair de casa, criar novas oportunidades, enxergar coisas novas, fazer um caminho diferente nem que seja andar do outro lado da calçada.

E assim vamos nos cuidando, aprendendo e nos preparando. Ninguém vai poder te explicar porque nossa vida é assim, porque uma pessoa tem enquanto a outra não, porque as coisas acontecem de uma forma ou de outra... O mais certo de tudo é dar valor ao agora, ao presente e o que vier pela frente, é lucro!

Você já é feliz, só quer ser um pouco mais. E não tem nada de errado nisso.

#ouvindo Corinne Bailey Ray – Butterfly

2 comentários:

  1. Carol, tá dado o recado. Rsrs. Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, como me senti sendo essa pessoa que merece ouvir isso. Ando sem rumo vagando, postei sobre tal dor mas nada faz passar, lindo! adorei e favoritei no meu! preciso de conselhos assim rsrs

    ResponderExcluir

Comente aqui!

Respeite a propriedade intelectual. Ao reproduzir os textos não se esqueça dos créditos! Obrigado!