27/08/2009

Mundo Virtual

Vez ou outra me pego olhando sua foto naquele website. Sempre sorrindo, você aparece do nada e me tira o sossego. Fico ali, a dois cliques de você. Meus dedos vacilam e minha mente viaja, imaginando se você não faz o mesmo do outro lado da tela. Mas a vontade se junta ao medo. O medo de você me deixar em branco, sem resposta. O medo de ser bloqueada e te perder pra sempre. Ai... Esse mundo virtual. Seria melhor se te visse na rua. Se pudesse te olhar cara a cara. Te seguraria se preciso, mas não te deixaria fugir. Te falaria tudo o que tenho engasgado aqui. E teria a certeza da veracidade de suas respostas, pelo brilho dos seus olhos. ...

2 comentários:

  1. Esse filho da mãe tem sorte!

    ResponderExcluir
  2. Gente, quem será esse ser....
    a curiosidade toma o meu ser!!

    ResponderExcluir

Comente aqui!

Respeite a propriedade intelectual. Ao reproduzir os textos não se esqueça dos créditos! Obrigado!